[QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Compartilhe
    avatar
    shavasko

    Mensagens : 1297
    Data de inscrição : 30/06/2014
    Idade : 32
    Localização : Ilha Solteira SP

    [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por shavasko em Dom 17 Jan 2016, 16:19

    Eu dediquei uma juventude inteira a estudar para passar numa universidade pública

    Assim que conquistei meu objetivo, passar em eng. Civil UNESP, havia pensado “o pior já foi”

    Assim minha vida acadêmica foi seguindo e em algumas roubadas eu entrei, aquilo que era para ser 5 anos, levou 7,5 anos (50% de atraso), mas sem problemas, eu penso que o prejuízo não foi tão grande...

    Assim que formei, me contentei em ser agora um desempregado, e acreditava “não vai ser tão difícil, afinal, tem muita demanda para eng. Civil”....

    3 meses desempregado, surge então a primeira eminente oportunidade de trabalho, e no meio de uma bolota de rolo de indicação, consegui uma entrevista de emprego onde o dono da empresa, também eng. Civil,  me entrevistou fazendo alguns testes... Enfim, me mantive cerca de 2 anos nela, ganhava o justo e foi a jornada onde eu mais aprendi e mais apreciei.

    Então pouco a pouco fui notando o quanto o profissional de construção é DESCARTÁVEL, e assim tive minha primeira demissão, o motivo, eu não sei, tudo que sei é que todo RH ou ENVOLVIDO segue um padrão pra afirmar o motivo pra você não se sentir um lixo, é de praxe, eu mesmo já fiz isso.

    Mas eu sempre tive consciência que não sou bom nisso (OBRAS), apesar de ser muito útil em qualquer atividade que envolva computadores (desenhos, planilhas, controle, planejamento, etc), eu sei que consigo trabalhar... mas não vejo o menor sentido em ficar na obra queimando a cara olhando os outros trabalhas e fingir que está atento aos detalhes... era um saco... muitos vigiavam a obra pra ficar CORNETANDO por qualquer coisinha só pra fazer média, mas eu não consigo ser BABACA desse jeito, eu fazia, se fazia bem ou ruim, eu não sei, só sei que nada deu errado nas obras que eu passei.

    Por mais que minha autoestima estivesse ferida com essa demissão, eu sei que eu tinha que ir em frente, mesmo o mercado de trabalho no setor começando a entrar em decadência.

    4 meses depois eu consegui meu 2º trabalho, como desenhista e orçamentista de um escritório que fabrica, monta e pinta estrutura metálica, esquadrias, portões, etc. A empresa já estava quase falida, e só por eu estar lá já deu alguma sobrevida porque os orçamentos e os desenhos eram mais bem feitos e conquistava a confiança dos clientes.

    O problema é que a situação dessa firma era tão critica, que o meu pagamento vinha atrasado e fracionado, de maneira que não custeava nem a minha moradia. Acredite, eu estava PAGANDO PARA TRABALHAR. Arrastei essa situação por quase 5 meses e pedi para sair (e não botei eles no pau), o pior de tudo, meu FGTS estava acabando.

    Eu que nunca pedi nada para o meu pai, entrei em desespero e pedi para ele deixar eu ir morar com ele em Campinas que lá eu ia trabalhar de qualquer coisa, garçom, ofice boy, enfim, qualquer coisa! Ele, muito comovido com meu apelo, resolveu investir pesado para arrumar uma oportunidade de trabalho na CONSTRAN (onde ele trabalhava) como Eng. Trainee com um salário maravilhoso.

    Nos 3 primeiros meses foi uma maravilha, a empresa grande, obra imensa, função profissional objetiva e segura (eng. Trainee tem mais tolerância a erros)... E então em período eleitoral de 2014, explorde o escândalo do Lava Jato, e final do ano já haviam envolvido as empreiteiras, aí então a CONSTRAN (que pertence a UTC) começou sua fase de cortes.

    Enquanto lá dentro todos os funcionários temiam a demissão, lá fora já se consolidava a decadência no setor da construção e a decadência ainda maior no setor industrial...

    Eu só sabia que, se eu fosse demitido, eu tava fudido... Virou o ano de 2014 pra 2015 e um monte de funcionário foi demitido e haviam rumores que eu seria... mas eu sobrevivi mais uns 5 meses.

    Situações escrotas durantes os 3 meses desempregados se desenrolaram, recebi proposta de emprega em RO onde eu teria que pagar R$25mil de propina para ser empregado, prolonguei minha temporada (e custos) na cidade que eu estava na expectativa de arrumar trabalho e só me deram nó. Até mesmo entrevista de emprego marcado lá em Araçatuba me fez gastar tempo e combustível pra fazer uma viagem para um entrevista que não aconteceu; E por fim, o pior de todos, em que um pessoal de CAMARÕES me mandou uma proposta de emprego oferecendo um salário exorbitante e com toda uma estruturação de atendimento fazendo aquilo parecer que fosse algo sério, do qual eu tive que investigar profundamente até notar que se tratava de um golpe pra me roubar alguma graninha.

    Com tanto desgaste e gasto procurando trabalho e indicação de amigos de tudo quanto é setor e me abrindo a todas as possibilidades de atuação possível, eu resolvi desistir e recomeçar minha vida acadêmica.

    Um grande amigo meu conseguiu um trabalho para dar aulas para os cursos eng. Civil a ambiental em uma universidade próximo da minha cidade. Pagava muuuuuuuuuito pouco, mas era o suficiente para reduzir meu déficit mensal que só consumia minha verbinha de FGTS.

    Eu sabia que, isso não deveria continuar se arrastando assim, eu tenho contas pra pagar, eu tenho uma mãe endividada por causa de um negócio que deu errado, a gente mora de aluguel, tem prestação do carro também.

    Foi aí então que tive uma ideia. Eu vou fazer mestrado e tentar conseguir uma bolsa FAPESP (algo em torno de R$1500,00) pra sobreviver legal [renda que somado a renda de professor já ajuda muito], e assim vou aprimorar meu nível acadêmico para poder ir para o exterior.

    Que merda hein meu amigo, a universidade onde estudei havia acabado de implementar uma pré-seleção de candidatos em que escolhiam com base no critério dos próprios professores em eliminar candidatos antes mesmo de fazer a prova. [é isso aí! FODA-SE até mesmo seu dinheiro de inscrição e burocracia]

    Já não tenho nem mais motivação de tentar entrar lá, aqueles caras não me curtem por causa de tretas do passado. Vai que eu tente de novo e me ferro de novo... Enfim, desisti de aprimorar meu nível acadêmico...

    Tudo que eu tenho é uma profissão onde ganho bem menos do que eu preciso, e ainda tenho que ser GRATO, MUITO GRATO por poder trabalhar mesmo sendo apenas FORMADO em Eng. Civil.

    O que fazer?

    Eu já reduzi meus custos e meus consumos em games [que é minha paixão, e sai mais barato que a cervejinha de final de semana de muita gente], já mudei meus hábitos inúmeras vezes, e sempre andando pra trás, mas sempre pesquisando sobre mercado, economia, politica, pra compreender melhor a dimensão do meu problema.

    Eu pensava: Cara, dediquei a vida inteira a ser eng. Civil, tentei expandir meu nível técnico e academico de todas as maneiras... e não posso empreender porque ninguém pode me custear, não tem trabalho pra mim, os poucos que tem na verdade não tem e se tornam apenas esperança perdida (sacanagens de oportunidade falsa)... Se inserir no mercado sem um puto no bolso não dá, é suicídio.

    Não vou mentir, adoro dar aulas, eu fico feliz em ser útil, ainda mais numa sala de aula onde o processo de produção é mais intenso (cerca de 40 unidades que devem ser convencidos a incorporar algumas ciências em um prazo de 1 a 4 horas sem perder o interesse).

    Mas cara, isso ainda não é o que me dá êxtase de trabalhar, é quase isso, mas se levar em consideração que ainda fico atormentado com minha vida financeira, e que quando eu GANHAVA MAIS era muito mais feliz fazendo o que não gosto. Devo admitir de uma vez por todas:

    EU QUERO FAZER ALGO QUE GOSTO E GANHAR O SUFICIENTE PARA NÃO FICAR PREOCUPADO COM CONTAS.

    Porque eu joguei minha vida no lixo correndo atrás desse diploma?

    Cara, poucos anos antes de estudar para o vestibular eu me via bitolado na frente de um computador criando MAPAS para DUKE NUKEM 3D, desenhando as próprias texturas e sprites animados, compondo as próprias músicas em MIDI para inserir no meu “novo jogo”, eu ficava mais de 10 horas todo dia (além de estudar, malhar), eu esquecia de mijar, de comer...

    Meu senso crítico e o prazer ao jogar videogames era intenso demais desde criança, e isso sempre se agravou até hoje em que eu tenho 30 anos.

    Iniciava-se então minha ADULTA crise existencial, pensei em ser Youtuber para compartilhar minhas idéias, pensei em ser imigrante ilegal e entrar como faxineiro (Jim Carrey) em algum estúdio de desenvolvimento de jogos.

    E aí vocês me perguntam, porque eu fiz Eng. Civil? Simples, é na cidade onde eu moro, a mídia exaltava que a profissão se tornaria a mais bem paga depois de medicina, mas eu não tinha a mínima ideia do que se tratava, e nem que isso poderia se tornar uma roubada... Até que diante da minha insignificância cósmica, tive que pagar para ver e sequer questionar meus rumos.

    Se naquele tempo eu podia dar passos e dominar programas complexos de composição de musica MIDI ou criação de mapas 3D com suas ferramentas de midificação. Porque hoje, com tecnologias mais amigáveis e tutoriais por todos os lados eu não posso simplesmente dominar uma ENGINE gráfica para criar meu próprio jogo?

    É aqui onde eu quero chegar... Eu não quero apenas isso, eu quero aprender de maneira saudável pouco a pouco, um passo de cada vez.

    Sou capaz de novo a me expor ao que não gosto para me sustentar por algum tempo, mas seria feliz em ser útil para alguém... Mas quero ser mais útil para todo mundo.

    Esse mundo é cruel em não dar oportunidades, mas tecnologias como über também me inspira a desejar entrar no setor de aplicativos para smartphones, e se isso acontecer, também estou preparado, meu senso critico com interface e conceitos de georreferenciamento são muito afiados a derivar idéias billion Seller.

    Eu tenho ideias com potencial de DESTRUIÇÃO MASSIVO do sistema acadêmico convencional que consiste em convencer a sociedade da mesma coisa que eu me convenci [QUE O SEU DIPLOMA NÃO VALE NADA], e que agora a onda seria ser classificado em um aplicativo de avaliação profissional (que seria como uma universidade gratuita, mais ou menos similar aos aplicativos de aprender inglês, mas com implementação de uma estrutura de vídeo aulas de professores que seriam custeados por esse aplicativo).

    Eu tenho ideias com potencial de CONECTAR as pessoas que querem comprar roupas, que querem comer alguma coisa, coisas que talvez já existam e eu não estou sabendo, coisas que talvez se fosse feito da maneira como estão na minha cabeça, poderiam ser uma nova revolução comercial que se adapte a nova crise mundial que alguns rumores indicam que terá.

    Eu sei que são apenas ideias e ninguém vai estar ao meu lado agora, e assim como tenho compreensão da minha insignificância cósmica, eu compreendo como os seres humanos estão cada vez mais individualistas, tomando nojo de classes mais desfavorecidas porque enxergam nele a ferramenta de se fazer política.

    Se eu me inserir no ramo de aplicativos, e se tudo sair do jeito que eu quero, poderei viver bem e fazer essa vida ter algum sentido além da própria sobrevivência.

    Minha realização pessoal seria parcialmente atendida dentro dessa possibilidade... A maior delas com certeza é criar jogos. Não precisa ser uma mega produção, eu seria o cara mais feliz do mundo se eu fosse o criador de SUPER MEAT BOY, GUACAMELEE, AXIOM VERGE, ou qualquer outro jogo indie.

    Talvez é isso que me falta, não preciso de faculdade, existem ferramentas de busca, existem recursos gratuitos, pra que eu comece lá de baixo. E quando se trata de algo que eu gosto ou estou desesperado para aprender, eu vou muito mais rápido subindo a levar 4 ou 5 anos para fazer uma faculdade. Quem precisa disso?

    Eu venho desabafar a respeito do assunto, para que lembrem de mim. Se eu conseguir atingir algum objetivo grandioso nessa vida, eu vou voltar aqui, onde estão vocês, meus amigos, e tentar convencer qualquer um de vocês para que venham comigo para os próximas lutas e investir em você para que você aprenda o que eu aprendi e chegar onde cheguei ainda mais rápido, para fortalecer o meu time.

    Att. Marcus Cardoso
    avatar
    Stallone Cobra

    Mensagens : 708
    Data de inscrição : 30/06/2014

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por Stallone Cobra em Dom 17 Jan 2016, 17:58

    A situação tá feia mesmo. Muita gente qualificada desempregada pq o governo atrapalha os empreendedores que poderiam gerar empregos. Tive muitos colegas engenheiros que saíram da faculdade e não conseguiram emprego, precisando então ingressar em subempregos. Eu diria que nesse momento a gente tem que pegar o que tiver pra fazer, apenas pra sobreviver mesmo, não dá pra ficar escolhendo. Infelizmente a cultura de "levar vantagem em cima dos outros" impregnada no Brasil é que colocou o país nessa decadência, muita gente querendo ganhar muito sem produzir nada e às vezes prejudicando quem quer produzir. Agora o negócio é esperar, que venham pessoas de mente aberta futuramente que consigam colocar esse país nos eixos de novo. Paralelamente a tudo isso, claro, podemos perseguir nossos sonhos, mas sem abdicar das atividades que nos sustentam.
    avatar
    J.Araujo

    Mensagens : 69
    Data de inscrição : 04/10/2014
    Idade : 32

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por J.Araujo em Dom 17 Jan 2016, 18:10

    O ideal agora, ainda que não agrade à filosofia de muitos, é conseguir uma vaga em um concurso público, para ter segurança trabalhista e financeira, para com isso, ter tranquilidade de planejar seus projetos futuros com o intuito de fazer o que gosta. 

    Por exemplo, a ANAC estava até a pouco tempo com inscrições abertas. Um dos cargos era para engenheiro civil,que dentro da ANAC cuida da infraestrutura dos aeroportos. Já é uma área interessante que escapa do pensamento geral "servidor público não faz nada, mama nas tetas, fracassado na profissão" etc. Com salário inicial de 12000. 

    Já iria sustentar seus gastos mensais, te daria tranquilidade para planejar o que queria fazer no futuro, e trabalharia na sua área, em uma especialidade bem específica e valorizada.
    avatar
    Cat Sensei

    Mensagens : 1660
    Data de inscrição : 30/06/2014

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por Cat Sensei em Seg 18 Jan 2016, 02:15

    Vc vai ter que estudar bastante programação, Marcos, dependendo do nível de jogo que vc quiser desenvolve.
    avatar
    The Era of Luigi

    Mensagens : 1498
    Data de inscrição : 30/06/2014

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por The Era of Luigi em Seg 18 Jan 2016, 09:28

    avatar
    Wellington Kaiser

    Mensagens : 996
    Data de inscrição : 30/06/2014
    Idade : 30

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por Wellington Kaiser em Seg 18 Jan 2016, 11:44

    Marcuzinho, tem whatsapp? Me procura lá no face (se tu tem contato com a Angélica e Bruno, dá pra me achar). Bora discutir essas ideias de software aí!
    avatar
    Rodrigo Reges

    Mensagens : 677
    Data de inscrição : 01/07/2014

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por Rodrigo Reges em Seg 18 Jan 2016, 13:38

    Marcus...

    Procurar outros trabalhos não é demérito...

    Infelizmente, nosso país está em crise. Várias profissões estão saturadas.

    Tenho 2 primos Eng. civil. O pai deles é Eng.Civil tb... E mesmo assim... Os 2 largaram a profissão por concurso da polícia federal.

    Saúde tb está crítico... Tirando medicina, que se vc aceita trabalhar em condições precárias, ainda é bom... Enfermagem, odontologia, fisioterapia... Tudo com salário de menos de 2000 reais e sem possibilidades de crescer.

    Eu no seu lugar tentaria fazer curso online tipo Estratégia ou Aprova e dedicava para concurso público.
    avatar
    Santiago Oliveira

    Mensagens : 417
    Data de inscrição : 30/06/2014

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por Santiago Oliveira em Seg 18 Jan 2016, 17:51

    Foque totalmente em um bom concurso que de preferência tenha plano de carreira e seja feliz.
    avatar
    shavasko

    Mensagens : 1297
    Data de inscrição : 30/06/2014
    Idade : 32
    Localização : Ilha Solteira SP

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por shavasko em Ter 19 Jan 2016, 02:01

    Wellington Kaiser escreveu:Marcuzinho, tem whatsapp? Me procura lá no face (se tu tem contato com a Angélica e Bruno, dá pra me achar). Bora discutir essas ideias de software aí!

    me add no whatsap
    18 99638 6400

    e eu te coloco no grupo

    já tem no grupo

    o senhor das trevas
    Bruno Leroy
    Vinicius Nakata
    Gosman
    Frangão
    Old Alan

    e + 1 amigo gamer meu daqui (Fejão) e 1 amigo gamer do Leroy  (Molenga)

    o grupo está rasoavelmente movimentado
    avatar
    Jeremias

    Mensagens : 4563
    Data de inscrição : 30/06/2014
    Idade : 26

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por Jeremias em Ter 19 Jan 2016, 02:05

    Tem o SENHOR DAS TREVAS  nesse grupo?

    Boto fé.


    _________________
    Movi os top 10 pra cá: http://pastebin.com/raw/r9NSSXXr
    Tem Mario Maker? http://pastebin.com/raw/MgfZJ3FF
    avatar
    shavasko

    Mensagens : 1297
    Data de inscrição : 30/06/2014
    Idade : 32
    Localização : Ilha Solteira SP

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por shavasko em Ter 19 Jan 2016, 03:37

    Jeremias escreveu:Tem o SENHOR DAS TREVAS  nesse grupo?

    Boto fé.

    sim,
    o próprio.
    entra lá e prestigie o nosso grupo.

    me add no whatsap
    avatar
    DouglasHG

    Mensagens : 1259
    Data de inscrição : 05/07/2014
    Idade : 24

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por DouglasHG em Ter 19 Jan 2016, 11:47

    Santiago Oliveira escreveu:Foque totalmente em um bom concurso que de preferência tenha plano de carreira e seja feliz.

    (2)


    E falando nisso, INSS ta aberto.
    avatar
    Jeremias

    Mensagens : 4563
    Data de inscrição : 30/06/2014
    Idade : 26

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por Jeremias em Ter 19 Jan 2016, 18:29

    Putz, esse do INSS com certeza eu teria uma boa chance.

    Vou tentar me preparar pra ele, ver se da tempo.


    _________________
    Movi os top 10 pra cá: http://pastebin.com/raw/r9NSSXXr
    Tem Mario Maker? http://pastebin.com/raw/MgfZJ3FF
    avatar
    AvatarFa

    Mensagens : 1455
    Data de inscrição : 18/03/2015

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por AvatarFa em Ter 19 Jan 2016, 18:37

    Eu to estudando pra concurso tbm, pode ver quase nem posto mais aqui.

    Minha irma que é formada em jornalismo, já fez vários...no ultimo não passou por pouco, quanto mais vc faz vai ficando melhor.
    avatar
    Jeremias

    Mensagens : 4563
    Data de inscrição : 30/06/2014
    Idade : 26

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por Jeremias em Ter 19 Jan 2016, 18:40

    Nunca fiz nenhum, to indo as cegas... mas vai ser o jeito pra ter uma renda fixa.


    _________________
    Movi os top 10 pra cá: http://pastebin.com/raw/r9NSSXXr
    Tem Mario Maker? http://pastebin.com/raw/MgfZJ3FF
    avatar
    neto_btu

    Mensagens : 3358
    Data de inscrição : 30/06/2014
    Idade : 27
    Localização : Brasil

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por neto_btu em Ter 19 Jan 2016, 19:37

    Concurso é prestar até passar, n tem jeito, e ir estudando.


    _________________
    avatar
    AvatarFa

    Mensagens : 1455
    Data de inscrição : 18/03/2015

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por AvatarFa em Ter 19 Jan 2016, 21:19

    Neto me aceita lá no face meu nick é Chrono.
    avatar
    neto_btu

    Mensagens : 3358
    Data de inscrição : 30/06/2014
    Idade : 27
    Localização : Brasil

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por neto_btu em Ter 19 Jan 2016, 21:47

    Não veio aqui seu pedido, cara.


    _________________
    avatar
    DouglasHG

    Mensagens : 1259
    Data de inscrição : 05/07/2014
    Idade : 24

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por DouglasHG em Qua 20 Jan 2016, 12:06

    Tbm to querendo me preparar pro INSS 
    O PC da mulher ta com derrame, e n tenho jeito de estudar sem ele...o meu n ta aqui.

    Tava afim de comprar o curso preparatório da alfacon q parece de primeira, oq acham?

    Derrepente podíamos nos ajudar aqui...sei lá.
    avatar
    DouglasHG

    Mensagens : 1259
    Data de inscrição : 05/07/2014
    Idade : 24

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por DouglasHG em Qua 20 Jan 2016, 12:08

    Minha meta profissional é passar num bom concurso e ter uma estabilidade, e um salário legal e tudo mais.
    Com planos de carreira como o franco disse.
    avatar
    Kal_EL

    Mensagens : 231
    Data de inscrição : 01/07/2014

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por Kal_EL em Qua 20 Jan 2016, 17:12

    Sonho da juventude brasileira: Passar em um concurso público!

    Eita Brasil fdp... não condeno ninguém que pensa assim, pois cada um tem que querer o que é melhor pra si. 

    Mas é muito triste ver a galera que tem potencial pra ser excelentes engenheiros, médicos, advogados, administradores e etc, trocar o seu sonho de fazer algo que gosta por um emprego que tenha estabilidade e bom salário. Nesse país, temos é que buscar isso mesmo, pq nada adianta querer fazer o gosta e estar desempregado.

    Sei que as vezes dá pra encontrar um emprego público que explore o verdadeiro potencial das pessoas, como por exemplo juízes, promotores... mas na maioria das vezes, as pessoas pouco se lixam pro que vão fazer.

    De qualquer forma, o concurso passa a ser a melhor opção num país onde o empresário toma uma trolha no rabo com o número exorbitante de impostos, o que reduz a margem de lucro das empresas, impossibilitando empregar mais pessoas. Além de tudo, o PT sempre incentivou o funcionarismo público, estatais e dificultando as privatizações necessárias em muito setores.

    Bora estudar se quisermos ter uma vida digna e sem medo de ser mandado embora.
    avatar
    Jeremias

    Mensagens : 4563
    Data de inscrição : 30/06/2014
    Idade : 26

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por Jeremias em Qua 20 Jan 2016, 18:27

    Sim, governo de esquerda que alimenta a si mesmo e cresce cada vez mais e engole qualquer oportunidade ou liberdade do empreendedor.

    Câncer sem tamanho. Mas fazer o que? Não vou ser bandido pra sobreviver... uma hora vou ter que pagar meu próprio aluguel e não tem a minima chance de eu conseguir me sustentar sozinho fazendo o que eu gosto, ou me arriscando nos negócios em um país tomado por parasitas vermelhos.

    Não tem o que fazer... vão sempre se eleger com o populismo e gente que depende demais da maquina existir pra sobreviver. 
    E eu não vou abrir mão do meu conforto e da minha vida pra "lutar" por um país que nem liga pra si próprio, povinho que só ve o próprio umbigo e não tem nenhum elo cultural pra se unir em volta.

    Eu vou é me alimentar da maquina enquanto ela existe e quem sabe algum dia sair daqui.


    _________________
    Movi os top 10 pra cá: http://pastebin.com/raw/r9NSSXXr
    Tem Mario Maker? http://pastebin.com/raw/MgfZJ3FF
    avatar
    Jeremias

    Mensagens : 4563
    Data de inscrição : 30/06/2014
    Idade : 26

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por Jeremias em Qua 20 Jan 2016, 18:32

    Queria é ir pros EUA e me legalizar antes da inevitável vitória do Trump e o suicidio em massa dos esquerdinhas proregressistas de lá, mas não sabia por onde começar.


    _________________
    Movi os top 10 pra cá: http://pastebin.com/raw/r9NSSXXr
    Tem Mario Maker? http://pastebin.com/raw/MgfZJ3FF
    avatar
    Santiago Oliveira

    Mensagens : 417
    Data de inscrição : 30/06/2014

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por Santiago Oliveira em Qua 20 Jan 2016, 18:37

    A bosta é o país em que vivemos, onde reina todo o tipo de putaria tanto no setor público quanto privado: roubalheira, nepotismo e o cacete a quatro.

    Fora o profissional autônomo que hoje em dia pode-se resumir a médico (que enfrenta muitas vezes condições precárias na sua rotina de trabalho, como bem lembrou o Reges) e advogados de exceção (grandes chances de ser 'herdeiro' de família com tradição no ramo ou apadrinhado por influência direta desses familiares/amigos), tu podes ser o cara na tua área que ainda assim ao se dedicar à iniciativa privada corres o risco de levar uma rasteira out of nowhere e ter os teus planos e de tua família literalmente fodidos.

    Vejam por exemplo quando eu cursava Engenharia do Petróleo (a qual não cheguei a terminar), era a 8ª maravilha do mundo, após se deflagrar a crise na Petrobrás vi ex-colegas brilhantes se obrigando a contrair dívidas e se arriscar com empresas próprias porque não há qualquer garantia de futuro na profissão.

    Concursos acabam sendo uma maneira de você pensar nesse futuro, até porque a maioria traz benefícios como previdência privada, ascensão por plano de carreira, planos de saúde, convênios... E não pensem que hoje aprovação é garantia de crescimento, não vou dizer que acabou mas reduziu muito aquilo de 'concursado não trabalha'. Tu podes até ficar lá no teu canto fazendo mal e mal a obrigação mas se não for um bom profissional fica bem mais complicado subir de cargo e corres o risco de ser escanteado e virar um refugão: trabalhar nos piores lugares e fazer somente o que ninguém mais quer.


    Última edição por Santiago Oliveira em Qua 20 Jan 2016, 18:48, editado 1 vez(es)
    avatar
    Santiago Oliveira

    Mensagens : 417
    Data de inscrição : 30/06/2014

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por Santiago Oliveira em Qua 20 Jan 2016, 18:42

    Jeremias escreveu:Sim, governo de esquerda que alimenta a si mesmo e cresce cada vez mais e engole qualquer oportunidade ou liberdade do empreendedor.

    Câncer sem tamanho. Mas fazer o que? Não vou ser bandido pra sobreviver... uma hora vou ter que pagar meu próprio aluguel e não tem a minima chance de eu conseguir me sustentar sozinho fazendo o que eu gosto, ou me arriscando nos negócios em um país tomado por parasitas vermelhos.

    Não tem o que fazer... vão sempre se eleger com o populismo e gente que depende demais da maquina existir pra sobreviver. 
    E eu não vou abrir mão do meu conforto e da minha vida pra "lutar" por um país que nem liga pra si próprio, povinho que só ve o próprio umbigo e não tem nenhum elo cultural pra se unir em volta.

    Eu vou é me alimentar da maquina enquanto ela existe e quem sabe algum dia sair daqui.
    De acordo 110%. E aproveita enquanto tu podes, se estrutura minimamente e pica a mula daqui.

    Conteúdo patrocinado

    Re: [QUASE OFF] Correndo atrás de um sonho...

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex 15 Dez 2017, 08:08